sábado, 19 de março de 2011

Boca no trombone - Catanduvense 1 x 0 Ferroviária

Abrindo a 16ª rodada do grupo 1 do Campeonato Paulista da série A2 o Catanduvense venceu a Ferroviária por 1 a 0 em Catanduva. O bruxo jogou para o gasto e mesmo com um jogador a menos desde os 20 minutos do 2°tempo garantiu a vitória e a classificação antecipada para a 2ª fase da competição. Já Ferroviária mostrou novamente o seu medíocre futebol, sem solidez defensiva e improdutivo no ataque o apanhado grená nada fez ou fez o que sabe, dentro de suas sérias limitações técnicas.

A derrota de hoje pode deixar a AFE na 7ª colocação no grupo fazendo com que dependa de uma gama significativa de resultados de seus adversários para se classificar, além é claro, mostrar um futebol de qualidade que pouco mostrou na competição e ganhar seus últimos 2 jogos. Além dos problemas dentro de campo, segundo comentários na rádio e twitter o clima no vestiário após o jogo foi "quente", fato que desagrega e enfraquece ainda mais as limitadas ambições grenás.

Não vou me ater individualmente a performance dos atletas e comissão técnica. O que temos em mãos é determinante para, mesmo que por ações divinas ainda se classifique, finalizada a competição para a Ferroviária, a diretoria faça, com raras exceções, o desmanche do grupo como um todo.

O próximo compromisso grená será na quarta-feira, dia 23, às 20h, contra o Monte Azul na Arena da Fonte. Estarei lá para gastar meu passaporte.

Ficha Técnica

Catanduvense 1 x 0 Ferroviária
Local: Estádio Silvio Salles
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Cartões amarelos: Junior Barbosa, Daniel Costa e Guilherme (Catanduvense); Danilo Mendes, Raul, Célio e Régis (Ferroviária)
Cartão vermelho: Mirita (Catanduvense)
Gol: João Henrique, aos 22'/2T (Catanduvense)

Catanduvense
Guilherme; Júnior Barbosa, Márcio Garcia, Willian e Alessandro Ferrari; Mirita, Juninho, Daniel Costa e Robson Goiano (Dininho); Osny (Fabinho) e João Henrique (Tiago Mineiro)
Técnico: Geime Rotta

Ferroviária
Eduardo; Feijão, Bruno Lopes, Cristiano e Raul (Walker); Régis, Célio (Leandro Miranda), Danilo Mendes e Luizinho; Ray (Marcão) e Júlio César
Técnico: Felício Cunha

Nenhum comentário:

Postar um comentário